As pesquisas semeiam inquietude na equipe de campanha de Hillary Clinton

Não chega a ser pânico, aproxima-se mais da angústia, de um medo que para sempre será chamado de ‘o fantasma do Brexit’ (se não de Trump). Mas não resta dúvida de que há ansiedade, uma ansiedade tão intensa que se fosse matéria poderia ser cortada dentro do avião de campanha que transporta ininterruptamente a candidata democrata à Casa Branca, Hillary Clinton. Restam 72 horas para o dia das eleições e a equipe de campanha da ex-secretária de Estado dá mostras de nervosismo devido a algumas pesquisas confusas e pouco favoráveis. Perigosas turbulências surgiram em uma rota que parecia livre de obstáculos no caminho à presidência.

Seguir leyendo.